Ritual com a dança do fogo. Cultura cigana na antiguidade.


Nosso encontro com Elemental do fogo. Dança do fogo que há muito não tem sido praticado, mas que um dia comunidades ciganas já o fizeram. Hoje relembramos com amor e dignidade. 
Opre.
Ps: A expressão lual cigano foi concebida quando comecei meu trabalho, não uma expressão rom-cigana. Lual, veio poe ser em tempos de lua cheia, apenas incrementei o nome dos encontros, mas os ritos são de origem cigana


 Quando danço reverencio meu espírito, minha consciência, a mim mesma num compasso de amor e compaixão dentro do movimento da vida. 
Quando danço, sou totalmente longe da carne de meu corpo e totalmente íntima da alma que meu corpo assegura e segue, por isso a chama sagrada ilumina de dentro para fora. 
O fogo do Espírito Santo. 
Roberta do Espírito Santo Brado.

Corpo Musical


Mais um movimento da alma com Corpo Musical.  Já estamos na segunda turma. Chegando 2018 continuaremos.


Corpo Musical- Dança Áurica- Essência de fogo.
Para além das imagens, conceitos e formatações que se planeja e se projeta em fogo sagrado.
Aqui o sagrado brotou do canto da águia e do uivo de um lobo que juntos uniram o céu e a terra em espirais de fogo da alma. 
Respire, Inspire seu fogo interno. Entre na essência do elemento fogo e o lance em benefício de tod@s os seres.
Namastê.

Mulheres Deusas, Dança Cigana


Encontro das Mulheres Deusas.
Danças cigana e áuricas em nossos exercícios sistêmicos. 
Um novo movimento de amor foi descoberto e decidimos ir pelo mais leve, onde a única coisa entre nós é o Sol, que não precisamos mais cortar árvores e aceitamos a beleza de ser feminino e masculino dentro de nós. 
Eu recebo vocês em minha vida. 
Nosso ciclo e círculo mágico está aberto.







Leques.

Relembrando em aula de hoje, leques. Demonstrando os movimentos trabalhados nesta noite.
O vídeo já é antigo, mas as aulas continuam atuais. 
Conhecido como abânico decorre de décadas de uso charmoso, místico ou como mero instrumento de refresco. Da realeza aos palcos este instrumento de dança cigana e flamenca abrilhanta com elegância, beleza e sensualidade a nossa dança. 
Mais detalhes, experimente conosco e perceba, sinta e vivencie no dia a dia os ensinamentos de uma dança com leque.  
O leque numa relação mística vem através de alguns clãs ciganos representar o elemento ar 

. Favorecendo uma conexão com o ser interno, e a nossa feminilidade.
Gratidão.


Ciganos Rroma.

 "O maior axioma do Povo Cigano diz simplesmente: "A sabedoria é como uma flor, de onde a abelha faz o mel, a aranha faz o veneno, cada uma de acordo com a sua própria natureza".
Para não enveredarmos num velho, carcomido e obsoleto discurso sociológico-político, e para não desgastarmos mais ainda a nossa salubridade cerebral, afirmamos que tudo o que acontece no Planeta, em termos de crise e transformação, afeta de perto o Povo Cigano (tão engajado com a natureza) e faz parte do cotidiano dessa minoria social que apesar do seu pouco grau de autonomia, tenta à duras penas preservar sua valiosa identidade e salvaguardar as peculiaridades de seus próprios conceitos de cidadania, em que pese os avanços tecnológicos, científicos e culturais; as mudanças de paradigmas e o glamouroso processo de globalização.
O Povo Cigano é também uma raça sofrida, discriminada, excluída do contexto sócio-político-econômico (mas nem por isso alienada). Essa raça perseguida por muitas "inquisições", levada aos campos de concentração e aos fornos crematórios da Alemanha Nazista (tanto quanto o povo judeu) continua existindo apesar de todas as expoliações e distorções. Desprovida de meios adequados de sobrevivência, descaracterizada pela modernidade de um falso intelectualismo proletário/urbano essa raça também está à caminho da própria extinção, mas estamos aqui exatamente para resgatar o que restam de sua memória cultural e artística, usos e costumes, simbolismo e tradição."Texto: Cigana Sttrada (do Clã Calon).
E completando... Eu não faço destinção relativa aos clãs, grupos ou comunidades Rrom-ciganos. Tod@s estão buscando um espaço para serem e para estar como se é e não como os olhos possam pensar.
Avante, estamos por aqui seguindo em frente.
Opre Rroma.
Roberta Do Espírito Santo Brado

Faço uns lembretes destes de vez em quando por aqui, para que as pessoas não pensem que ciganos só fazem festas e ou, só dançam alegremente, mas que são seres que têm princípios, filosofias e vontades e que passaram pelo mesmo sofrer de tantos de nossos antepassados. Somos um. Em todas as diferenças ao fim tod@s   somos seres humanos. 


Ciganos Calé ou Kalon

dos bairros mais pitorescos da Espanha , aonde os ciganos
kalons transformaram as grutas caiadas em suas
moradias , de onde se ouvem as guitarras , cantes e
quejíos ( Cantos tradicionais andaluzes) que acompanha as
zambras (( tradicionais danças ciganas do flamenco), as
casa escavadas na encosta de Sacromonte ,não é muito
exata , e tudo indica que foram construídas a partir do século
XVI , quando as populações judias e árabes foram expulsas de
suas casas , e se juntaram aos ciganos já vivendo nas Grutas ,
eram as habitações dos marginalizados , e de certa forma
ficavam longe do controle administrativo e eclesiástico da
época .
Para fazer uma gruta ,fazia se um corte vertical que seria a
fachada , ai fazia um arco de volta inteira que seria a porta ,
e dai escavada as divisões internas ,etc
Os terrenos determinavam os limites das grutas , que era
determinado pela altura , pelo terreno e extensão dos cerros ,
e por isso não existe uma gruta semelhante a outra , e temos ai
as veredas ,barrancos , fachadas ,pracetas , e os interiores
caiado de branco , dando a Sacromonte pela presença cigana ,
algo " Singular e Único No Mundo , pelos hábitos ciganos , as
danças , cantorias .
E foi ai misturado com os mouriscos , judeus , a raça cigana
foi mais forte e os absorveu , eles desapareceram , foram
aciganados pela convivência, e sendo a maioria ciganos ,
casamentos mistos , eles desapareceram , restaram apenas
ciganos , nessa mistura nasceu o " Flamenco " de Caráter
Único e Puramente Calé Roma.

Dança Cigana Sistêmica



Oficina de danças sistêmicas no projeto Saber Viver do setor de Oncologia do Hospital Oswaldo Cruz. 
Mãos que liberam o coração. Grata a Itaciana Ferreira e toda equipe.
Foi um dia belo e gracioso. Estou em estado de Graça.
Ministrando a oficina ao lado de Karlene Magalhães