Dança Cigana Sistêmica.


Deusas, mulheres, Rromi-ciganas, humanas, divinas??? Todas elas baliam em cada uma de nós. Os aspectos humanos e divinos são sementes as quais regamos em nossa jornada. Dançar e reconhecer todas as forças internas nos favorece ao despertar. Nós decidimos quando estamos conectadas à nossa força.




Reconecte com seu mais profundo movimento de amor e luz. A mulher que você é.
Dança Cigana Sistêmica. 

Dança Cigana com as taças de fogo




Como já escrito aqui mesmo, a taça representa a unidade junto com o vinho. Num casamento é o símbolo da união entre o feminino e masculino. 
A taça com o fogo é a abertura para para nossa força, atitude e energia da alma, nossa conexão anímica. E também traz esta união com o masculino e feminino. Em nossa aula fomoa agraciados com muitos insigths com a dança da taça de fogo.

 O milagre é cada passo que damos na vida em direção ao despertar e para a percepção, inclusive destes milagres.

Nosso exercício maior é “perceber, soltar e relaxar”, assim tocaremos os milagres do corpo e da alma presentes aqui e agora.
Roberta do Espírito Santo Brado.



Bailando com a luz interior

Dança Cigana-Celebração.

       
A dança com a pandereta vem dos antigos egípcios, também usado pelos ciganos no egito e trazido às diversas danças. Uma delas é a prática de dançar celebrando a colheita de bons frutos e a abundância. 
Dancemos.


Dançando como se é. Sem passos marcados, sem saber qual é a música, sem prever, apenas dançando o que a alma ordena numa dança plena simplesmente para dançar. Gratidão, gratidão, gratidão.
video
      As expectativas sobre si e o outro destroem a fluides. O não reconhecimento da humanidade em todos exclui e se processa a rigidez. Amar e honrar está além da compreensão .
Liberar-se das projeções e liberar o outro traz a beleza de saber tocar verdadeiramente um coração.
Em minha roda de aniversário dançamos a abundância e a aspiração de unidade em todos nós e do planeta. Tocar a luz universal.
Gratidão e amor.

A dança como descentralização. Movimento da Alma.

Segundo Workshop. Corpo Musical -Método Roberta do Espírito Santo Brado.
A dança é um olhar diante da vida, integra-nos a alma e ao que nosso Ser se propõe. 

Os movimentos do corpo são como música, entoa notas anímicas que alimentam nossa existência. Faça seu corpo cantar a dança que sua alma inebria e encanta.
Workshop em 5 módulos com certificado. 
A data de início ficou para 23 de setembro. 
video
Primeiro módulo 23 de setembro de 2017. 
Inscrições só antecipadas, de 27 de julho a 5 de setembro
Solicite sua ficha de inscrição pelo e-mail. reikianarmes@hotmail.com
Facilitadora Roberta do Espírito Santo Brado, especialista em danças sistêmicas, cigana e áurica, facilitadora em constelação familiar e terapeuta holística
Investimento R$ 230.0 por módulo.
Este trabalho é destinado a homens e mulheres de qualquer área. Educação, saúde, comércio, empresas, psicologia, artes, e da dança em geral., que poderão usufruir e utilizar o método.
Bem-Vind@S com amor.
Apenas 12 vagas. Entre em contato.
O primeiro workshop que já iniciamos segue adiante com muito empenho e compartilhas essenciais. Gratidão a tod@s os participantes.

 — O corpo olhando para a alma. A presença integrada às essências dos elementais em nós e no todo. 

 Namastê.

Rumbas Ciganas.

Rumbas Ciganas, descendem muito dos convívios entre ciganos e o povo espanhol. Andaluzes e catalãs dançam muito a rumba em  Espanha. A rumba gitana nasce dos intercâmbios dos cantores e dançarinos que circulavam entre Espanha e cuba. Isso se dá ainda no século XVIV e não nos anos 50, como se pensava. 
Encontramos nestas manifestações dançantes diversos ritmos de rumba. A flamenca, Catalana e uma mistura das duas, muito chamada de espanhola, um ritmo que agrega outros e se torna mais popular no mundo. Porém a rumba catalã em sua efervescência é um destaque para povos ciganos. Tem muito do flamenco também e se inspira nas músicas cubanas para criação de suas canções, melodias. 
Aqui no Brasil é um ritmo muito conhecido, diria o mais dançado pois se torna prático e fácil referente a roupas e passos. Porém, o corpo que dança rumbas ciganas precisa ser acentuado em seu ritmo, bem como um corpo que dança a dança turca. Não é só aprender o passo, mas adquirir o corpo daquela dança em especial. 
Dançar esses diversos tipo de rumba pede-se um corpo para cada uma delas. Inclusive surgiu a fusão de músicas árabes e flamencas trazendo uma outra dança conhecida ou como árabe flamenco ou como zambra, ambas misturam os ritmos, logo misturam as danças e vestimentas mistas. Aqui no brasil é conhecido como rumba árabe, assim popularizada também a nível de melodia. Cadência linear e leve para dançar. Muito legal de dançar, pois você pode realizar dois ritmos em uma melodia deliciosa. 
Contudo, as misturas chamadas fusões confunde um pouco os pesquisadores e alguns professores e também pessoas ciganas afastadas de sua cultura. Mas cada rumba aqui citada tem especificidades, locais diferentes da Espanha e um corpo diferente. A alma trará sua força em cada uma. É só exercitar a dança em você e suas células irão se recordar.
Para além disso existe também o espaço para criação e inovação. Porém antes das inovações atenha-se ao corpo rítmico da origem da dança e assim a consciência estará sendo o principal elemento de sua criação. 


Aulas de dança cigana sistêmica, inclui todas as rumbas, além das danças romanês(ciganas) dos balkãs, russa, e da Hungria e Grécia. venham conhecer. Opre Romale!!!

Dança Flamenca-cigana

O Cigano Kalon Andaluz " Joaquim Cortés, O Maior Bailarino de Flamenco do Mundo, na Atualidade " ..
..
nascido Joaquín Pedraja Reyes em 22 de fevereiro,1969,Córdova, Andaluzia, na Espanha, desde criança demonstrou a mística
cigana pelo flamenco , criação gitana Kalon andaluz !!! ,
em 1981 sua família Reyes ,tradicional família cigana Kalon andaluz
do flamenco muda se pra Madri , onde o menino leva a sério o
estudo do Flamenco ,
no anos de 1984 é aceito como membro da prestigiada cia de
Ballet Nacional de Espanha , onde dançou importantes shows
como no Metropolitan Opera House (Lincoln Center) de Nova Iorque,Palace Kremlin em Moscou, se tornando no principal ..
bailarino solo dessa companhia ,
e para poder ter liberdade de criação, ele formou a sua própria
 cia de ballet , afastando se do ballet purista e criar a sua fusão
pessoal de flamenco , e assim em 1992 lança sua primeira ..
turnê " Internacional " Cibayí " ,
seu maior empreendimento de " Maior Sucesso , " Pasión ..
Gitana ( Paixão Cigana ) é a marca divisória de seu talento ,
e o reconhecimento " Internacional Como Maior Bailarino de
Flamenco , , Grande Coreógrafo , e Diretor Artístico , antes
 disso somente ,
o Ciganos espanhol, e Também Maior Bailarino de Flamenco
e Danças Clássicas do Mundo em sua época, o Cigano ..
Antonio Cansino( avô de Margarita Carmen Cansino a Rita Hayworth) e chefe de poderosa família cigana de artistas e ..
dançarinos de Flamenco que chegou a Hollywood -EUA) ,e ..
agora :
foi a vez de Cortés, que na década de 1990 se tornou notoriedade ,
e tendo relações pessoais, e estreitas com celebridades de ..
alto nível tipo :Naomi Campbell , Giorgio Armani e Mira Sorvino ,
desde a sua criação pelos ciganos andaluzes,a sua arte e seus
" Grandes bailarinos foram ciganos ", teve destaques !!! grandes bailarinos payos !!! , o flamenco nasceu entre os ..
" Ciganos Andaluzes " Espanhol " , com influências árabes , judaicas ,etc
 trazidas pelos ciganos !!! - " Flamenco é Criação de Ciganos Espanhóis " que foi transmitida aos " Não Ciganos Espanhóis " ( payos )
..
Arnaldo Reisdec.

Extraído de Comunidade Cigana Rroma do Brasil

Direitos Ciganos.

É importante olhar as alegrias, festas e encantos de uma cultura. Mas quando algo desastroso, desonroso e degradante acontece não se pode ignorar. Festejamos muito, aprendemos demais com estes seres, e também nos entristecemos. Na Hungria, de 2008 a 2009 por questões políticas povos Rromi foram atacados apenas por existirem. Essas re-encenações de perseguição acontecem até dias atuais. Em março deste ano, diretores em instituições de direitos humanos começou mediações que possibilita algo amistoso nas relações entre Húngaros e Ciganos. Mas na verdade as razões do brutal preconceito são políticas. Os ciganos-Rrom, nem sempre estão vestidos com as belas roupas que pensamos e até criamos enquanto leigos. Muitas vezes sua necessidades são também de vestimentas.De qualquer maneiras, são povos como todo povo o é. Os mistérios e místicas são por conta dos gajes-não ciganos que pouco compreendem a dinâmica da cultura. É necessário conviver com ciganos realmente para saber o que dança em vossas alma. Contudo, diante de toda e qualquer situação este é um povo que não baixa a cabeça, nem mesmo para atrocidades existentes da sistemática do mundo. São seres belos, vívidos e singulares. Que o preconceito, se dilua a cada tempo e que a equanimidade se apresente aos corações e resida dentro deles. Opre-Rroma.
Namastê.


Grandes restrições sociais e direitos elementais também são negados infinitamente aos povos ciganos.   


                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                 Muito mais que aprender a dança cigana é preciso compreender a essência dos povos Rroma antes de imprimir julgamentos festivos ou discriminatórios. A alma de uma cultura sempre reivindica seu espaço quando excluída de seu lugar. Enquanto as rejeições e falsas informações persistirem sempre haverá a separação. Quando aprendermos a olhar com o coração ensolarado poderemos acolher a to@s como irmãos.