Danças com véu em dia de santa Sarah.


Aula- celebração. Em homenagem a grande mãe - padroeira do povo cigano-Rromi. Uma dança mais sutil e amorosa. 
Gratidão e amor por esta dedicação e servidão em benefício de todos os seres. Sarah Kali. Opre Rromale. Optchá!
 Sarah Kali, prometeu ao seu salvador. Jesus, que se todos se salvassem do naufrágio usaria véu cobrindo-lhe o rosto e serviria a Deus por toda a vida. Na verdade ela serviu a humanidade e em especial aos povos Rroma-ciganos. Dançamos com os véus nas celebrações. 

 Danças com véus em intenção de liberação dos bloqueios físicos ou energéticos e abertura de novas forças na vida.

Véu azul-proteção e intuição-poder
véu vermelho- prestígio e realização profissional
véu branco-gratidão e harmonia-casamento
véu amarelo- Alegria, paciência-vitórias festejadas.
véu verde- vitalidade- saúde
Lilás- Prosperidade- transmutação. 
        Namastê! 

Dança Cigana Sistêmica

Oficina de danças sistêmicas. Cigana e áurica

Soltar com dignidade libera. Tomar com honradez abre espaço para o maior.
Esta oficina foi realizada no curso sobre O Feminino em Passos Livres de Hilda Torres. Facilitei sobre ancestralidade e o feminino.
Gratidão Hilda querida por seu trabalho e por abrir espaço de comunhão. E a Soraya Silva por toda a assistência








Dança Cigana e o autoconhecimento.


Quando tudo se desfaz, o caminho é olhar para frente e ver além. Existe um espaço dentro de si que segue a força e não o esforço, sacrifício. Ir além está além da compreensão, por isso apenas siga. Avante. 
 Namastê. Optchá! 

       Vamos? Dançar é um caminho além de passos, é o movimento da vida em nós. Vivos. 

Dia de Cigano.

Uma importante presença existe no mundo, uma importante nação caminha pelo mundo e poucos notam sua valiosa experiência de vida. Foram condenados como muitos outros que ainda hoje, ousam ser diferentes e livres.
Alguns esqueceram-se disso, inclusive seres ciganos que precisaram se afastaram de sua cultura, mas os que ainda neste momento vivem suas caminhadas estão sempre apontando para um vasto campo de riqueza e pobreza. Um riqueza de suas almas e a pobreza de compreensão humana, da aceitação do desconhecido.
Os Romi em sua jornada na vida, trazem o que muitos querem, mas tem medo de assumir, e também sua humanidade, trazem elementos que para nós não servem muito, porém para eles vale como ouro.
Culturas, etnias, cada uma caminha como sente que deve, contudo, algumas sociedades se presumem maior que outras e não percebem a irmandade que podemos incluir em nossas vidas. 

8 de abril, dia internacional do povo cigano??? Este é um dia em que os ciganos, povos Romi levantaram suas mãos para dançar a dança de suas existências, pedindo respeito e aceitação. Mas até os dias atuais, esperamos a amplitude desta conquista.
Eu Roberta Do Espírito Santo Brado e Adriano Cabral, através de nossa parceria e fraternidade a esta ancestralidade roma que nos uni, levamos aos seres um release desta cultura, tudo que passa através de nossas lembranças e de nosso coração para sempre engrandecer e agradecer a esta cultura divina para nós. O que fazemos pode não ser tão aparente, porque é de uma ordem interna, mas isso não importa para nós, aparecer. Apenas fazemos.
Gratidão e amor aos povos ciganos Romanês existentes neste mundo e em nós. Optchá! Continuaremos fazendo dessa dança um instrumento de luz, cura e consciênciaNamastê!

Workshop de dança. Corpo musical.



Workshop.
A dança é um olhar diante da vida, integra-nos a alma e ao que nosso Ser se propõe. 
Os movimentos do corpo são como música, entoa notas anímicas que alimentam nossa existência. Faça seu corpo cantar a dança que sua alma inebria e encanta.
Workshop em 5 módulos com certificado. 

Primeiro módulo 6 de maio de 2017. 
Inscrições só antecipadas, de 13 de março a 27 de abril.
Solicite sua ficha de inscrição pelo e-mail. reikianarmes@hotmail.com
Facilitadora Roberta do Espírito Santo Brado, especialista em danças sistêmicas, cigana e áurica, facilitadora em constelação familiar e terapeuta holística
Investimento R$ 200.0 por módulo.
Este trabalho é destinado a homens e mulheres de qualquer área. Educação, saúde, comércio, empresas, psicologia, artes, e da dança em geral., que poderão usufruir e utilizar o método.
Bem-Vind@S com amor.
Apenas 12 vagas. Entre em contato.


Retiro sistêmico.

Retiro de danças sistêmicas. Cigana e Áurica









Liberando padrões envelhecidos e abrindo espaço para a impermanência. Aceitação.

Dança Cigana e o Bem-viver.

 Dança cigana e o bem-viver. Celebração à vida, liberdade e ao amor. 




 Abrindo espaços de amorosidade, encanto e plenitude. 
Dança cigana sistêmica vai além do corpo e da mente, transpassa vidas e promove o presente.